quinta-feira, janeiro 22, 2009

Starbucks - I´m in

Levar algo relevante para o consumidor atualmente tem sido uma forma importante de lealdade e consistência na construção de marcas. Quando isso está aliado a ações que difundem um conceito que une, compartilha e constróe algo para a sociedade torna a marca mais importante do que ela parece ser. A Starbucks vem fazendo ações cada vez mais relevantes (não sei dizer outra palavra para isso) e esta última onde lança uma campanha que envolve o trabalho comunitário, chamada “I’m in” (”tou dentro”).

As pessoas "doariam" seu tempo para fazerem coisas boas, como ler para cegos, cozinhar para comunidades carentes etc. para isso o cliente passaria numa loja da Starbucks e para ganhar adesivo da campanha para sinalizar publicamente este seu compromisso que destinaria 5 horas de trabalho comunitário. Entre 21 e 25 de janeiro é o tempo da campanha. que tem o objetivo de conseguir 1 milhão de horas doadas.

A Starbucks pega carona na sensação de esperança que os EUA é afetado com a eleição de Barack OBAMA, um sentimento único que afeta todos os americanos. Foi um grande insight que a empresa de Howard Schultz teve e a segunda - que eu tenho conhecimento, que mostra o seu lado preocupado com a comunidade. Além de ter criado um blog para ouvir reclamações, sugestões e idéias para as lojas e possíveis campanhas.

Na segunda etapa da campanha ela ganha força com a adesão de uma figura pública extremamente forte, Oprah Winfrey que já disse que destinará um tempo para a ação. Com isso a campanha ganha uma força impressionante a campanha, afinal a Oprah é uma das mulheres mais influentes dos EUA.

Eu gosto deste tipo de campanha porque todos ganham, a marca que ganha uma adesão maior e uma fidelidade maior, além de construi ruma personalidade mais íntima com o povo americano, quanto a sociedade que contribui para a coletividade.

Para mais no Aqui