quinta-feira, fevereiro 19, 2009

Jeff Bezos - "What's dangerous is not to evolve."



Uma breve entrevista realizada pela revista Fast Company com
Jeff Bezos, um dos CEO mais comentados do momento (nos últimos 3,4 anos), por conta da sua visão de negócios e do lançamento do Kindle (leitor de livros e conteúdo portátil). Alguém duvida que este CEO, consiga manter o seu negócio de forma inovadora?

Criou um equipamento ouvindo e entendendo novas necessidades. O perigo de não se envolver é tremendo. Envolva-se. Seja um empresário, uma cliente, um funcionário que pense, se envolve e procura ouvir realmente. Estar in loco. Ouvir. As pessoas precisam ser ouvidas, elas gostam de serem perguntadas. Faça as perguntas certas, que você irá ter as respostas corretas.

"...not enough only listen to your customers...but also to invent new behalf." Bezos, anda fazendo as perguntas certas e prevendo as respostas corretas, por isso o seu modelo de negócio cresce a passos impressionantes. O cara é bom e a cada dia me interesso mais em conhecer a Amazon.

Ser inventivo é interessante, mas ser inovador é melhor ainda. Finalizo com uma frase dele que já citei aqui, mas gosto muito dela:
"Algumas companhias erram quando apenas ouvem. Mesmo que elas saibam ouvir, isso não é suficeinte, porque é preciso fazes coisas que os consumidores nunca pensariam em pedir. É aí que entra a inovação."

2 comentários:

Miguel Cavalcanti disse...

Olá Paulo, muito bom esse post. Parabens!

Recomendo o Startup School, lá tem uma palestra sobre como ouvir seus clientes.

Abs, Miguel

Sylvio disse...

A Amazon é uma das raras empresas online que sabe usar o envolvimento que a web2.0 proporciona.

Eu visito a Amazon para ler resenhas, acompanhar lançamentos de discos, conhecer artistas novos e, se eu morasse nos EUA, compraria e vendia produtos usados aos montes. É uma barbada!