sexta-feira, março 01, 2013

Por que fazemos branding?

Ontem em uma reunião caloroza com um grande profissional de branding, me foi perguntado: POR QUE FAZEMOS BRANDING?
Tirando os aspectos mercadológicos e de negócio, e preferindo olhar com outras lentes, pensei. Isto me fez chegar uma reflexão: 

Fazemos branding para lembrar e entregar propósitos nas vidas  das pessoas.
Lembrar, por que o branding é calcado (é o que acredito) em valores humanos. Entregar porque o resultado, seja um produto, serviço ou uma mensagem precisa passar um alguma relevância e satisfação de uma 'tarefa'.

Muita gente vai achar romântica (e não dizer nada) essa frase. E o que você acha?

5 comentários:

André Taveira disse...

Paulo, compartilho da sua visão. Embora branding envolva outros aspectos não tão românticos, como questões de mercado, resultados e problemas do negócio, para quem faz a motivação é essa que você citou. Entregar propósito, significado e relevância pra vida das pessoas. Pelo menos é isso que me move. :)

Paulo Al Assal disse...

Aí sim hein Xará! Acho que sei onde foi essa discussão! Rsrsrs...parabéns pela sua reflexão! Gostei

Paulo Peres disse...

André, sabe, tento pensar primeiro nas origens e motivações humanas sabe. Na situação da empresa. Levando-se em conta que a marca é uma maneira de projetar-se, como devemos projetar essa pessoa? Por isso, vejo que marcas (e a entrega das experiências) se tornam formadores de pessoas e participadoras como uma líder-cidadã, na sociedade. É um pouco estranho falar nestes termos, mas transcende um pouco o que vemos no mercado. Um abraço!!

Paulo Peres disse...

Paulo, ehehe conversar é importante. O diálogo e convergência são importantes para crescer. Que bom que gostou do post e da reflexão. Temos que criar sociedades melhores top-down ou down-top. :)

Ligia Aranha disse...

"lembrar e entregar propósitos nas vidas das pessoas." ... Lindo!!!!