segunda-feira, abril 04, 2011

Endosso publicitário

A Sandy quebrou todo o encanto por revelar que não gosta de cerveja. Mas o Rodrigo Faro usaria/gosta de uma Kasinky? Qual é o futuro do endosso publicitário? Afinal há anos vemos este tipo de propaganda e pensamos: Esse cara não usa o produto x.

O consumidor esta mais atento a verdade. Mas o popular ainda sobrevive a publicidade. O de massa prevalece na escolha de um garoto-propaganda.

Será que dar atenção mais a personalidade, aos hábitos da celebridade do que da capacidade de audiência é uma estratégia interessante ou suicida?

Acredito que sim e não. Depende do posicionamento do produto. Depende da execução do conceito e da história. O que é realmente o produto. Mas mesmo assim tenho minhas duvidas em relação a escolha em produtos de massa. Apesar de saber e já ter ouvido de um dono de agencia que usou Luciano Huck para suas campanhas como alavancador de campanha e foi um sucesso.

Acho que cada caso é um caso, mas a reflexão me acometeu pelo fato de vivermos e nunca termos ouvido tanto em consistência, coerência, transparência...


Qual será a forma mais adequada de escolher os endossos? O futuro seria o brand content mesmo?


- Posted using BlogPress from my iPhone

3 comentários:

Gabriela Araújo disse...

Concordo com você. A Devassa foi infeliz ao escolher suas garotas propaganda, foi julgada pela Paris Hilton e agora pela Sandy...

Paulo Peres disse...

O que questiono Gabriela, é este uso indevido (ou não) de celebridades como garotos-propagandas, que não tem nada haver (em princípio). Apenas amealham audiência, mas e a marca.

Penso na Philips que colocou a Ivete...Enfim, vários...

Sei q tudo é estratégia de massificação, mas até onde vai a "verdadeira verdade" sobre as "associações verdadeira" da marca. E não uma pura jogada de marketing.

Um bj e espero que volte mais vezes
Paulo Peres

jorgealison disse...

Ah, sabe, eu acho que as pessoas devem procurar não enxergar o pessoal do artista nessas propagandas de produtos e sim ver o profissional que está ali. É o trabalho deles dar a cara pro produto, é o ganha pão. Maioria tá cagando e andando pros produtos, e se bobear, nunca sequer usaram.